sábado, 31 de agosto de 2013

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

O passeio do fim de semana

Estou mesmo disposta a transformar os meus fins de semana em passeios fotográficos e ainda de ganho mexo bastante o corpo.

Este sábado fui a uma praia paradisíaca perto do Cabo da Roca, chama-se Praia da Ursa. Tem um acesso muito difícil e perigoso se não for feito com prudência, mas faz-nos mexer o corpo e perder muitas calorias, lá embaixo perdemos o fôlego com a beleza do local. Eis:






sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Escolha e disciplina


Durante todo este processo de emagrecimento eu também aprendi duas coisas super importantes para se ter sucesso: escolha e disciplina. Nós temos o poder der escolher opções que vão mudar a nossa vida para o melhor ou para o pior. Temos que ter disciplina para cumprir com todas as escolhas que nos ajudarão a obter sucesso.

Está aí duas coisas difíceis de andarem comigo, eu que sou tão fraca de escolhas. Mas este ano eu escolhi mudar o meu peso para melhorar a minha aparência, para melhorar a minha saúde e para me sentir bem comigo mesma e já consegui perder 9kg, mas tem dias que a falta de disciplina atrasa o processo e no meio disso faço escolher más: como gelado (sorvete) de duas bolas ao invés de comer uma gelatina; como um hambúrguer de frango no pão ao invés de o comer no prato com uma salada; como a bolacha recheada do colega de trabalho ao invés de comer o meu queijo fresco…

Enfim, esta semana tem sido pontuada de escolhas más e eu nem vou dizer que para a próxima vou tentar fazer boas escolhas e manter a disciplina, quando faço essa promessa acontece o contrário, parece que há um diabinho mal lendo os meus pensamentos e boicotando os meus planos… que nada meninas, o diabinho sou eu mesma não é? Eu que ando a defraudar os meus planos e a jogar contra mim própria.

 Tenho que pensar em um plano para um castigo para me aplicar cada vez que eu sair da disciplina, alguém tem uma ideia?
 
 

terça-feira, 20 de agosto de 2013

A minha preguiça

Estive a ver umas postagens antigas aqui no meu blog e dei com uma de quando eu fazia exercício em casa. Naquela altura eu achava que isto poderia me ajudar, talvez ajude outras pessoas, a mim não. Isto porque sou preguiçosa e faço tudo pela lei do menor esforço, mal me sentia cansada, parava, achava que já era o bastante, mas não é bem assim...

Uma treinadora lá do ginásio disse que o corpo vai se habituando ao esforço que lhe vamos impondo, por isso devemos dar sempre mais, mesmo quando achamos que já chegamos ao nosso limite, há sempre mais para dar.

Por isso, pela minha experiência pessoal dou aqui o meu depoimento a quem "pensa" que faz muito exercício em casa e não consegue bons resultados: você tem que se obrigar a fazer mais e se não conseguir, como eu, então tem que procurar ajuda de um profissional que te obrigue a dar mais do que o seu limite. Comigo tem funcionado assim.

Foram anos fazendo caminhadas, tentativas de corrida, exercícios do youtube... nada me ajudou porque eu não dava mais do que aquilo que podia, mal estava cansada e achava que era o bastante. Claro que tem o fator alimentação que é muito importante: fazia pouco exercício e continuava a comer muito, a balança estava desequilibrada, o máximo que consegui foi manter o que pesava.

Então é isso, se alguém me perguntar como estou conseguindo a resposta é: exercício físico à sério e dieta equilibrada.
 

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

O meu novo estômago

Antigamente nas festas de aniversário e afins, eu comia este mundo e o próximo. Parecia que ia passar fome o resto da semana, então eu comia tudo o que havia para comer e até repetia muitas vezes, ficava mal disposta, cheia e com azia, mas dali a poucas horas já estava com fome de novo.

Ontem fui a um batizado e havia comida muito farta, quatro pratos diferentes e buffet livre. Parecia que eu era uma criança que nunca saía de casa e um dia os pais levaram para o parque de diversões, imaginam não é? Me joguei nos pratos como se não houvesse amanhã e na minha mente ecoavam as velhas frases de sempre que ecoam na cabeça dos viciados: "um dia não são dias"; "É só hoje"; "Amanhã eu compenso"...

E sabem de uma coisa? Eu não consegui chegar ao quarto prato! Comi muito é verdade, mas fiquei tão cheia que já não comi o bolo, não jantei e não comi nada antes de dormir! O meu estômago já estava acostumado a pouca comida e foi imprudência da minha parte força-lo. Agora percebo que tenho um novo estômago que está a dar uma força para mim.

Por isso meninas o manhã não existe, podemos morrer antes dele chegar, não é mesmo? Só existe o hoje, o agora. E agora é recuperar o prejuízo!

Um lindo começo de semana para nós!

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Mudando de assunto... sims2


Nunca fui muito de gostar de jogos de computadores e até fico desiludida por ver que muitos jovens só vêem o computador como uma ferramenta para jogar e mais nada! Não conseguem explorar a grande utilidade que pode ter e o muito que podem aprender.


Eu sempre que pude explorei ao máximo todas as ferramentas que o computador me podia oferecer, e modéstia à parte, por onde trabalhei sempre me destaquei pela facilidade que tenho de lidar com esta ferramenta.



Mas há um jogo que me domina, os sims2. Desde que o vi há muitos anos em uma loja em Belém (Brasil), quando ainda era somis1, fiquei fascinada e muito curiosa por saber como seria aquele jogo onde podíamos comandar a vida dos personagens. mas só muitos anos depois foi que eu tive oportunidade de poder jogar e desde então nunca mais parei.

Mesmo com o lançamento dos sims3, ainda assim eu prefiro o sims2, e até hoje reservo um computador em casa só para jogar este jogo e sou capaz de ficar um dia inteiro se puder. Adoro criar personagens, decorar casas, fazer uma família crescer com muitas crianças a nascerem. Isto tudo me fascina!

O mais chato nisto tudo é que eu nunca encontrei pessoas que jogassem também e que pudessem trocar experiências.

E vocês gostam dos sims2?








quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Mudando de assunto... fotografia

Um dos meus passatempos preferidos é fotografia, meu sonho era ser fotógrafa, mas a vida não permitiu... só à pouco tempo comprei uma máquina fotográfica profissional que também faz vídeos.

Há cerca de dois anos fiz um curso intensivo de fotografia com um grande fotógrafo português: Joel Santos. De lá para cá tenho praticado pouco porque não tenho tido muito tempo para andar por aí, mas isto é desculpa. Decidi não esperar mais para ter tempo, isto pode demorar muito para vir acontecer e enquanto isso o tempo vai passando... 

O mais maravilhoso em poder praticar este passatempo é o facto de poder mexer o corpo, pois andamos muito até conseguir aquela paisagem que nos agrada. No último fim de semana fui dar uma volta à Lisboa por baixo da ponte Vasco da Gama, um espaço agradável e nos proporciona boas fotografias.







terça-feira, 13 de agosto de 2013

De volta ao lar

Dei um tempo daqui porque o trabalho me rouba muita energia e me deixa sem vontade para nada!

Mas não tenho me descuidado da dieta e do exercício físico e já estou na casa dos 82kg, nesta altura já não há mais volta, é mesmo daqui para frente.

Vou continuar a partilhar a minha experiência aqui e quero ler muito sobre as experiências das outras pessoas.

domingo, 4 de agosto de 2013

O dia da pesagem vem ai

Quarta-feira é dia de pesagem na academia, esta pesagem é feita mensalmente e quer saber? Não consegui atingir a meta para este mês.

A personal está à espera de 3kg de perda de peso, mas eu acho até que ganhei um. Não faz mal, melhores dias virão e eu não vou me deitar abaixo.

Agora que as férias já foram embora, tenho mais é que trabalhar duro para continuar a conseguir perder peso.


sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Altos e baixos


Com alguma frequência me apanho em altos e baixos durante este processo de emagrecimento. Mesmo com resultados positivos, vou-me abaixo, fico triste e desmotivada e nestes momentos só tenho vontade de comer tudo o que me faz mal e de uma vez só.

 

Alguém tem alguma receita para que eu me sinta melhor? Agora à tarde quando eu parecia que não ia aguentar me segurar para não devorar um pacote de biscoitos recheados e um saco de chocolates, fui até à cozinha beber café e matar um pouco de conversa com uma amiga e falamos muito sobre anjos, conversa da qual eu gosto muito, e então me senti melhor. Mas isso vai voltar a acontecer e eu quero estar preparada.