domingo, 22 de junho de 2014

Ouve o teu coração

Ultimamente tenho sentido dificuldade em perder peso, há semanas que só tenho mantido, isto porque eu perdi muito da força de vontade que tive no início e tenho andado tentando descobrir por onde ela anda.

Sexta-feira, dia 20/06, aconteceu uma situação que me elucidou sobre este mistério: eu me apercebi que não estava a ouvir a voz do meu coração, mas sim a voz do meu estômago. Naquele dia eu só ouvia o meu estômago e só pensava que tinha que comer. Entrei em um café onde eu sabia que vendia um folhado com queijo e salsicha, super calórico, mas naquela altura já não havia. 

Então continuei a andar pela à rua, em direcção à estação, mas sempre com a ideia de que tinha que comer alguma coisa. Entrei em outro café que servia cachorro quente, mas estava cheio de gente e como estava a demorar muito para eu ser atendida tive que sair e continuar andando. 

No meio do caminho havia um homem a distribuir um panfleto de um restaurante que vendia coisas maravilhosas: bolos, cachorros, hamburguer, etc. E que ainda por cima ficava ali perto, andei às voltas e não consegui encontrar e como não podia ficar por muito tempo à procura continuei à caminho do barco.

Três situações de alerta para que eu parasse de procurar problemas para mim, eu só tinha que ouvir a voz do meu coração. Quando o próprio universo conspira para me ajudar a manter a linha eu só tenho é que retribuir ouvindo a voz do meu coração e não me desviando dos meus objetivos.

Porquê comer aqueles alimentos cheios de calorias se eu sei que só me vão fazer mal? Porquê quero fazer mal a mim própria? Eu deveria ser a primeira pessoa no mundo com interesse de zelar pela minha própria felicidade, se eu me sinto feliz quando a balança regista menos peso que o dia anterior eu só tenho é que continuar a cumprir com os meus objetivos, tem que ser simples assim, e conseguirei ouvindo a voz do meu coração.

2 comentários:

  1. Estava tudo a evitar que cometesses pecado. Mas sem força de vontade, tmb não se consegue nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ando desesperadamente à procura dela! :-) beijinhos.

      Eliminar