domingo, 15 de março de 2015

Faz um estoque na tua geladeira

Para quem não vive sozinho e divide a casa com marido, companheiro, filhos amigos, etc. Fica bem complicado gerir uma dispensa saudável, mas mesmo assim é possível!

Reserva uma prateleira inteira só para ti no frigorífico e enche ela de coisas saudáveis: frutas e saladas pré-feitas. Organiza tudo em sacos individuais ou em caixas, as vezes já ter em um saco um ovo cozido e descascado já ajuda quando há pressa para consumir um lanche a meio do dia ou da tarde. Ter uns legumes cortados e lavados já é meio caminho andado para preparar um sumo verde.

Podes fazer o estoque dos alimentos e semanalmente preparar os produtos para estarem prontos para saírem da geladeira para a tua marmita, para te acompanharem ao longo do dia.

quinta-feira, 5 de março de 2015

Você tem fome de que?

Com um pouco de emprenho e paciência lá tenho conseguido baixar de peso…
Só precisamos tentar interiorizar que o nosso corpo não precisa de muito alimento para funcionar, e que na verdade aqueles rompantes gulosos que temos, às vezes, é para compensar a nossa fome psicológica.

Temos é que descobrir que tipo de fome anda a nos perturbar: solidão, insatisfação, medo, ansiedade, falta de …. ? Etc.
Acho que eu já identifiquei a minha fome, e ando a matá-la alimentando com fé, com muito trabalho com base no pensamento positivo.

Por muito que uma situação não nos agrade, talvez devemos passar pela situação para aprender alguma coisa. Assim a minha frase de sobrevivência é “que seja feita a Tua vontade e não a minha”. Acredito que certas situações sirvam para nos mostrar o quão fortes somos e também para colocar no nosso caminho pessoas maravilhosas.

A mídia também não ajuda muito… ainda hoje vi um cartaz com uma imagem de um hambúrguer suculento e maravilhoso… eu tinha acabado de tomar o café da manhã, mas comia aquele hambúrguer se me aparecesse à frente. Quando andamos pela área de alimentação de um centro comercial, os apelos visuais só nós impulsionam para alimentos calóricos.

E é por estas e outras que devemos estar mentalmente equilibrados para conseguir vencer os nossos impulsos e vencer os apelos externos.

quarta-feira, 4 de março de 2015

Que tal dar uma olhada na geladeira?

Se quer ter uma força na dieta, tem que dá uma atenção especial à geladeira. Primeiro limpar  das besteiras e depois só abastecer com produtos saudáveis! Aqui vão umas dicas para que possa fazer isso:

1º - Anote tudo o que tem na geladeira, isto é importante, pois afinal são alimentos que gosta de comer e vai ser a base para começar uma dieta equilibrada. Se tem queijos, iogurtes, enchidos, presunto... opte por reabastecer pelos mesmos tipos de produtos, mas ligth, de carne branca.

2º - Quais cores costuma ver na sua geladeira quando a abre? Está na hora de a colorir. Na gaveta, onde estão os legumes, faça com que fique o mais colorido possível. Verdes: brócolos, feijão-verde, rúcula; Vermelho: pimento, maçãs; Amarelo: abacaxi, pêra. Etc.

3º - Olhe para os líquidos, as calorias ingeridas podem ajudar ou prejudicar no seu programa de dieta. Está na hora de trocar os refrigerantes e sucos processados por água, batidos verdes e sucos naturais.

4º - Dar nova vida às sobras. Pode utilizar as sobras de carnes grelhadas, para fazer saladas ou recheio para sanduíches, no caso de necessitar de uma refeição rápida. Com as sobras de legumes, pode-se fazer uma sopa saudável ou mesmo um batido verde.

Assim, os novos hábitos alimentares vão ser mais fáceis de manter se tiver como suporte uma geladeira recheada de produtos saudáveis.


domingo, 1 de março de 2015

Perseverança e trabalho

Quem luta contra a obesidade e que já conseguiu perder algum peso, sabe bem que não se consegue nada se não for com muita perseverança:

Por  (SP) em 11-04-2009
1. Ação ou efeito de perseverar;
2. Qualidade do que persevera: Persistência;
3. Firmeza, consistência, tenacidade, obstinação, pertinácia.

Todos os dias contam, não sábados e nem domingos para descanso e nem segundas-feira para recomeçar... não pode existir recomeço, roque simplesmente não pode haver interrupção.

Antigamente achava que não deveria ser tão rigorosa, que eu poderia ter "um dia para asneira", mas para mim tirar um dia para a liberdade significa cair num espiral de asneiras consecutivas, porque entro no esquema do "amanhã eu volto a fazer tudo corretamente" mas fica difícil encontrar o amanhã.

O certo é que o nosso corpo não precisa desse tipo de alimentos calóricos e ricos em açúcar, o que nos pede é a nossa alma que está vazia de algo e tenta se compensar através da comida. Se encontrarmos o equilíbrio espiritual o nosso corpo deixa de pedir alimentos que só nos vão fazer mal. O nosso corpo não precisa de muito para poder funcionar plenamente.

Nesta última semana tenho andado a variar entre os 77kg e 76kg e para não voltar à casa dos 80kg tenho trabalhado rigorosamente, no meu caso preciso de muito exercício físico e o tenho feito com uma grande assiduidade e assim vou continuar até sair da casa dos 70kg.

Tenho andado também a tentar perceber o que me deixa muito ansiosa, e tenho andado a tentar combater essas causas para assim não sentir necessidade de consumir alimentos que vão compensar a minha ansiedade. Já identifiquei que o meu maior problema está no meu trabalho. Já consegui me sentir mais segura e despreocupada com a minha rotina lá, afinal eu tenho feito tudo o que eu posso para prestar o melhor serviço à empresa, e se algo correr mal, não foi por irresponsabilidade minha, afinal a minha saúde tem que vir em primeiro lugar, sempre!