domingo, 31 de janeiro de 2016

Comportamentos inimigos para perder peso

Existem três comportamentos que são uns vilões para quem pretende perder peso: dietas obsessivas, alimentos emocionais e pensamentos pré-programados.

As dietas nos condicionam a vida, controlam o que comemos, onde comemos e quando comemos... Este sistema não dura para sempre e quando deixa de existir voltamos a engordar até a próxima dieta, e assim sucessivamente, como um ciclo vicioso. Nos deixam com ansiedade.

Outra situação que é responsavel pela nossa obesidade é o nosso emocional, muita gente quando se sente emocionalmente fragilizada se refugia em um grande prato de comida ou em uma grande fatia de bolo, acontecia comigo frequentemente, eu comia quando estava triste, quando estava alegre, quando estava zangada, etc. É preciso ter em mente uma pergunta muito simples quando estamos emocionalmente alterados e com vontade de comer: "tenho mesmo fome ou quero simplesmente alterar o que estou sentindo?"

O último fator é que a nossa mente está programada para nos impelir comportamentos que nos fazem sempre pensar em  frases do tipo: como é difícil perder peso! como estou feia! Preciso usar um 38 ou 36! Não consigo fazer exercício! Segunda-feira começo uma dieta! É preciso acabar com esses pensamentos que nos puxam para baixo, temos que nos encarar no espelho e gostar de ser como somos e pensar que para chegar onde queremos não é difícil basta mudar um pouco a nossa mentalidade.

Primeiramente todos os dias, depois de acordar ou antes de dormir, vamos nos encarar no espelho e só olhar para os nossos olhos e vamos nos sentir agradecidas pelo corpo que temos e vamos começar por sentir admiração por nós, vamos cultivar amor por nós. Este exercício deve ser feito todos os dias e só precisamos de uns breves momentos para fazê-lo.

De seguida, sempre que sentirmos vontade de comer, vamos fazer uma pequena pausa e pensar: é mesmo fome? Se for, comemos, se for só ansiedade temos que tentar mudar o que estamos sentindo, sem ter que comer para isso. Basta pensarmos que tudo se resolve sem que tenhamos que agredir o nosso corpo para isso.

Depois temos que programar a nossa mente da seguinte maneira: existem vídeos no YouTube sobre "meditação para emagrecer", basta fazer uma pesquisa e escolher um para ouvir todas as noites antes de dormir. O nosso subconsciente vai ser reprogramado e o nosso comportamento vai mudar automáticamente, acreditem, funciona mesmo! Depois disso eu notei mudanças na minha vida, já não me sinto ansiosa, desesperada por doces.

A novidade de 2016

A pesar de estar distante do blog, não estou parada com a minha luta. É verdade que desde o meu melhor resultado (julho 2015) eu engordei 9kg, mas voltei a reagir e continuo a lutar para perder peso.
No natal de 2015 ganhei um livro de um escritor de livros de auto-ajuda britânico chamado Paul McKenna entitulado "Eu consigo que você emagreça", junto com o livro vem um CD com um áudio que deve ser ouvido todos os dias. Eu costumo ouvir todas as noites antes de dormir, mas antes de explicar do que se trata posso já adiantar que a técnica funciona.
Tanto o livro quanto o CD contém técnicas simples para nos ajudar a emegracer, no decorrer dos dias vou explicar mais sobre estas técnicas aqui no blog. Este post é só para dizer que com a prática destas técnicas perdi peso, não muito, mas o importante é que não tive ataques de ansiedade e não me privei de comer nada. É tudo uma questão psicológica. Eis os resultados: