quarta-feira, 19 de julho de 2017

Mudar aos poucos

A vontade da mudança deve partir de nós e ser apenas por nós, nada de fazer para agradar namorado, marido, família ou amigos, tem que ser por nós!

Não precisa também ser imediata, para este ano, para este verão, enfim... tem que ser no nosso tempo, sem ansiedades para que a adaptação ao nosso novo estilo de vida não se torne em algo temporário.

Os primeiros passos podem ser esses e não custam muito:
1º) Diminuir para 1/4 do prato a ingestão de hidratos de carbono
2º) Fazer caminhadas de 1h em ritmo médio
Deixe-se assim por algum tempo e não fique ansiosa por resultados, as coisas acontecem aos poucos...
Depois:
1º) Trocar os hidratos de carbono simples do primeiro passo acima por complexos: arroz integral, pão escuro e massa integral
2º) Alternar na caminhada um pouco de corrida, uns 30 segundos de cada vez que caminha 3 minutos

Perceberam a ideia? Mudar aos poucos o estilo de vida, sem pressa... Acredite que os resultados aparecerão!

Eu anotei umas listas de mudanças interessantes a serem feitas:
- Acabar de vez com o açúcar refinado, no caso de haver mesmo a necessidade de adoçar algo, usar o açúcar amarelo.
- Acabar de vez com os refrigerantes, mesmo em festas, acreditem são um veneno para o nosso organismo, não ganhamos nada com consumo deste veneno só a indústria que enriquece com a nossa desgraça.
- Tirar um ou dois dias para se ser vegetariana, eu já sou, mas você pode tirar um dia na semana e fazer essa experiência, o meio ambiente agradece. Há receitas tão interessantes na net de pratos vegetarianos! Eu pretendo partilhar os que eu mais faço aqui no blog.
- Abolir as frituras, acreditem que o óleo aquecido é cancerígeno, pretendo falar mais sobre isto aqui no blog.
- No verão abusar das saladas! E no inverno abusar das sopas!
- Andar sempre que houver uma oportunidade, descer uma paragem antes da sua, passear pela cidade, andar, andar, andar, correr, saltar, se mexer!

Em breve mais dicas da minha mudança e os resultados!

Paz para você!




Sem comentários:

Enviar um comentário