quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Hoje é dia...

Hoje é dia de avaliação: pesagem e resultados das medidas do corpo.

Tenha plena consciência que não ouve grande mudança, mas entrei em modo de despreocupação para não ativar a ansiedade. Já mandei para o universo o que quero e agora é só relaxar. Amanhã trago as notícias!

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Renovar a auto estima

Eu sempre tive o meu guarda-roupa muito desorganizado, não havia ordem em nada, às vezes até deixava de usar determinadas peças porque ficavam perdidas no meio da bagunça. Hoje sei que isto acontecia porque eu não me sentia bem com a minha roupa, uma vez que não estava a me sentir bem com o meu corpo.

Entretanto, comecei a emagrecer e me sentia renovada, percebi que tinha que me livrar de algumas peças. Comecei por ler o livro sobre organização da Mari Kondo, fantástico! Recomendo. Doei cerca de 15 sacos de roupas! O meu guarda-roupa e gavetas ficaram maravilhosos, tudo ficou à vista e durou organizado por algum tempo.

Comei a engordar e, naturalmente, as roupas deixaram de caber em mim… resultado: voltou a bagunça. Eu tirava de lá as pescas e tentava usar, como não ficavam bem ou nem sequer entravam, com a frustração eu as atirava de volta. Deixei de ter prazer em abrir aquele guarda-roupa, deixei de ter prazer em vê-lo organizado, mas tenho andado a pensar que essa situação não pode ficar assim, tenho que voltar a organizá-lo.

Fui verificar o meu e-mail e vi que tinha recebido um e-mail de promoção do site da MANGO, que tem uma colecção plus size que se chama VIOLETA. Adorei as peças da nova colecção Outono/inverno e pensei que eu preciso restaurar a minha auto estima. Aquela colecção me deu uma força! Vou organizar o guarda-roupa, separando uma prateleira para as roupas que ainda não cabem em mim e vou tentar me vestir conforme a colecção. Vejam e me digam se não está linda!

http://shop.mango.com/iframe.faces;jsessionid=8169F6979F40A8A5FBE1677209807280?utm_content=violeta&utm_medium=email&utm_source=c-imagen-campa%C3%B1a&utm_campaign=E_WSCVAV17&state=violeta_010_PO
Clica na imagem para ir para a página

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Nova semana

Hoje começa mais uma semana e eu estou firme e forte no meu propósito. Durante o fim-de-semana, me desviei um pouco do bom caminho, mas já estou de volta à minha órbita.

Para esta semana tenho feijoada vegetariana, ovos e muita salada para as principais refeições. Quanto aos lanches, também vou de ovos e batidos de kefir com fruta ou iogurte.

No início da semana passada eu estava a pesar 93kg em jejum, ontem me pesei e agora estou com 91kg, viram? Esta a resultar. Aos poucos e sem ansiedades e pressas.

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Alimentar a alma

Já tem algum tempo que tenho andado a tentar melhorar como pessoa nos meus relacionamentos com as pessoas, comigo e com Deus. Parece que não, mas isto também tem reflexo no emagrecimento, pois uma mente mais equilibrada não produz estados de ansiedade e descontrole. Estados de desequilíbrio, no meu caso, me fazem comer mal e descontroladamente.

A melhor maneira de nos relacionarmos bem connosco é entendermos que o nosso corpo funciona como uma máquina perfeita e para funcionar bem, basta que o “combustível” seja saudável. Por tanto, nada de exageros de sal, açúcar, refrigerantes, comidas processadas, exageros, etc. Outra questão a ter em conta é o respeito que devemos ter pelo nosso corpo, devemos tratá-lo como nosso templo, ele é o nosso veículo que nos permite estar neste planeta para cumprirmos com a nossa missão.

Estar em equilíbrio com outras pessoas, também é muito importante para não andarmos por aí chateados e comer tudo e mais alguma coisa! As pessoas são um desafio, sendo que há algumas que até são uma bênção, isto sim: os amigos por exemplo. Mas os desafios existem e temos que saber ultrapassar, por tanto, quando alguém nos irrita, tentamos contar até 10 internamente para acalmar. Não devemos entrar em discussões desnecessárias que só vão estragar o nosso dia e o nosso equilíbrio, pois para estar em equilíbrio não precisamos provar para ninguém que temos razão sobre qualquer coisa, por isso exponha a sua opinião apenas uma vez e não discuta mais, eles que fiquem a falar sozinhos!

Às vezes acontecia de eu estar nervosa com algumas pessoas e isso ser motivo para comer um bolo! Nunca mais faço isso, era o que mais faltava eu dar o poder à qualquer um de fazerem esse mal.

Por isso, tenham em conta isto: respeitem o vosso corpo e tratem bem dele.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

A mente barulhenta

Hoje fui insistentemente perturbada pelos meus pensamentos e só me deixaram em paz quando deixei de os ouvir.

À hora do almoço, fui à rua porque tinha que ir resolver um assunto rápido ao banco, durante o caminho a mente estava numa batalha e só dizia: “vou comer um bolo”, “Talvez seja melhor um sorvete”, “Pode ser um bolo, é só hoje”, “Está decido, vou comer três bolas de sorvete”, “Não, é melhor comer só uma bola”, “Afinal vou comer o bolo e pronto”.

Esta conversa toda estava a me dar em doida! Decidi, à saída do banco, ir à papelaria ver coisas fofas e livros e não dei ouvidos às minhas alucinações, deixei de pensar! A paranóia passou e eu regressei ao trabalho sem ter feito nenhuma porcaria.

Portanto, silencie a sua mente.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Recomeçar sempre e nunca desistir


Feito o desafio dos 21 dias, não perdi grande coisa e nem poderia, porque houve deslizes mais uma vez… Mas isto deixou de me afetar e de me deitar abaixo, sobretudo porque tenho pessoas à minha volta que me vão dando muita força e é graças à essas pessoas que continuo a insistir a ter um estilo de vida saudável. Assim, hoje começa mais um desafio de mais 21 dias de vida saudável.

 Como o dia ontem correu tão bem, hoje me sinto muito feliz e agradecida por estar viva e com possibilidades de melhorar a minha vida, adoro me sentir assim e vou fazer de tudo para manter este sentimento.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

21 dias sem hidratos de carbono

Eu achei muito interessante a dieta Low Carb, no entanto não encontrei nada esclarecedor para os vegetarianos, também me apercebi que é muito parecida com a dieta da proteína que fiz quando consegui perder peso. Decidi experimentar, mas não à risca.

Afixei 21 dias para o arranque porque sinceramente estou cansada das minhas tentativas de reeducação alimentar, acabam por falhar dois ou três dias depois! Parece que, ao saber que ao ter um prazo curto para me “portar bem” faz com que eu tenha alguma paciência e ao mesmo tempo este prazo é suficiente para ver algum resultado e também porque, segundo alguns estudos, existe uma técnica de reprogramação do cérebro que torna em hábito algum comportamento repetido por 21 dias (funciona! Eu que o diga).

É bastante simples, fui às compras e enchi a dispensa com:
- Legumes
- Queijo
- Ovos
- Fiambre vegetariano
- Castanhas

No domingo fui cozinhar as marmitas para a semana e fiz:
- Sopa de abóbora
- Feijoada vegetariana (feijão preto, cogumelos, cenoura)
- Cozinhei duas postas de bacalhau e uma de pescada
- Cozinhei brócolos e couve-flor
- Favas guisadas com legumes e tofu fumado

Apesar de de me ter tornado vegetaria, só por mais algum tempo, voltei a consumir peixe, mas em pouca quantidade até eu conseguir elaborar pratos apetitosos. Quando tenho uma posta de um peixe cozida ou algum peixe grelhado é muito mais fácil comer vegetais e saladas sem ter vontade de comer arroz e farinha de mandioca.

Hoje é o terceiro dia e não senti vontade de cair em tentação e me sinto bastante calma, afinal são só 21 dias. Depois desses 21 dias já terei criado o hábito e já terei perdido algum peso o que vai facilitar a continuação.